Abrindo a mente para o blog empresarial

Encontrei uma opinião interessante de um “blogueiro profissional”, que casa direitinho com o que a Consultic vem pensando sobre blogs empresariais. Às vezes encontramos empresários que focam apenas no lucro imediato, e não no firmar a sua marca, interagir com seu cliente, tornar sua empresa algo “familiar” a seu público.  E ignorar isto é “perder o trem da história”,  como Gilberto Gil cantou em sua “Banda Larga Cordel”, [que vai ser tema de um outro post].

Mas vou deixar o Luiz Morcelli falar.

Blogs nas empresas

“Nada como um blog para falar da sua importância na construção de uma marca e no relacionamento com os seus clientes. Ainda mais eu, que sou blogueiro profissional e vivo disso no Blog dos Novos Negócios e no meu AdBudget. O blog antes que era somente um diário on-line das pessoas para falar de sua vida, assuntos preferidos e colocar fotos, agora faz parte do dia a dia das empresas.

Cada vez é maior o número de empresas que utilizam os blogs com a função de ficar mais perto do seu público, para ajudar na construção da marca e, tudo isso para criar uma certa pessoalidade no universo corporativo e consequentemente se aproveitar do efeito multiplicador dos blogs.

Indo totalmente de encontro aos sites, os blogs são utilizados para as empresas abrirem um diálogo com o público, fugindo totalmente das vendas. Outras corporações utilizam os blogs como um canal de endomarketing, como forma de relacionar a empresa e seus funcionários.

Para se ter sucesso com um blog, a linguagem é fundamental em conjunto com um planejamento e a vontade de criar emoção nesse novo ambiente que a empresa está colocando na internet.

Assim:
– Um blog não pode parecer com um catálogo de vendas.
– A linguagem tem de ser leve sempre.
– O blog das empresas tem de ser pessoal e tem que ter emoção para conseguir uma certa descontração.
-E é preciso ter regras de conduta e alguém que faça a moderação dos assuntos e textos
.”

E o comentário de um outro blogueiro, o Júlio, completa:

“As portas vão se abrir (para os blogueiros) quando as parcerias se estenderem aos blogs que ofereçam uma comunicação diferenciada. A idéia é que a empresa nao produza o blog e sim seja parceria de um blog que ofereça um diferencial e enriqueça a linguagem dessa empresa. O blog está dentro dela gerando comunicação.

Assim a comunicação fica mais livre, mais pela comunicação, não pela venda, não só nos assuntos da empresa, porém potencializando a marca. (Esse conceito imagino dentro de uma empresa comercial, que geralmente direciona sua comunicação só para vender seus produtos).

Acho que assim o profissional e a criatividade vão brilhar mais. Continuaremos blogueiros e livres, porém pagos.”

Tirado daqui.

Então, é isso. O blog empresarial precisa de uma terceira pessoa fazendo o link empresa-cliente. Pelo menos de início. Até se detectar na própria empresa alguém que demonstre interesse e no mínimo desejo de aprender, para assumir a função.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: