Paulo Afonso Digital: com as próprias mãos

“A cidade de Paulo Afonso, na Bahia, está em festa. O projeto de serviços eletrônicos oferecidos ao cidadão ganhou  o prêmio e-Gov 2008 na categoria “Governo para Cidadão”, ao lado de outros dois programas, um da Celepar, do Paraná, e outro do IMA, de São Paulo. Paulo Afonso foi o único representante do Nordeste entre os vencedores de todas as categorias. Leia mais na reportagem Prêmio e-Gov 2008: os vencedores.

Paulo Afonso Digital concorreu com outras 24 iniciativas.  “Enche-nos de orgulho ser o único órgão público do Nordeste a receber o prêmio em meio a tantas iniciativas de grande porte”, ressalta Verlânio Gallindo, diretor da Assessoria de Modernização e Informática (Asinf) da prefeitura. “O projeto dá mais velocidade e informações aos processos públicos, além de trazer conforto à população”, complementa.

O projeto consiste na interligação dos bancos de dados das secretarias municipais, na modernização das máquinas utilizadas pelos órgãos públicos e em um sistema que engloba 32 soluções eletrônicas. Elas vão desde a obtenção de segundas vias de impostos e acompanhamento de gastos até o fornecimento de obituários e de consulta de horários de carros-pipa. Todas as iniciativas foram desenvolvidas pela Asinf. Até agora, nenhuma empresa foi contratada para prestar serviços ao município na área de tecnologia.

Ponto de partida foi inclusão digital

Gallindo diz que a premiação é fruto de um trabalho de longo prazo que se tornou maior do que o inicialmente planejado. “Começamos como um projeto de inclusão digital, que acabou se estendendo para a administração pública”, conta. “Queria fazer algo que levasse tecnologia para as pessoas, mas, para isso, tivemos de reequipar todos os órgãos públicos.”

Assim, antigos servidores de rede foram substituídos por outros, mais modernos e capazes de suportar o aumento de tráfego que o projeto traria. Depois deste segundo passo (o primeiro, claro, foi a troca de computadores por mais novos), foi implementada uma rede Wi-fi e de interconexão entre as secretarias e órgãos municipais como hospitais e escolas.

“Agora estamos começando a instalar uma rede WiMax, mais potente, nas áreas mais afastadas e difíceis de serem atingidas pelo sinal das antenas Wi-Fi, como as que ficam atrás de serras”, afirma Jailson Bezerra, chefe da divisão de informática da cidade baiana. Para isso, foi adquirido à Oi um novo link dedicado de internet. Os 2 Mbps atuais darão lugar a 8, um aumento de quatro vezes de velocidade para que mais pessoas possam navegar pela rede com a mesma facilidade.

Com a nova forma de transmissão, a prefeitura pretende completar o projeto inicial de interconexão de 75 pontos públicos de acesso. “Faltam apenas oito”, garante Bezerra. Alm de levar internet a escolas e postos de saúde municipais, a Asinf pretende aproveitar o ânimo extra dado pelo prêmio para expandir o projeto.

Por enquanto, a cidade conta com apenas três pontos de acesso gratuito à internet, todos na região do centro da cidade. Os responsáveis pelo setor de tecnologia da prefeitura dizem que, em breve, totens serão instalados para aqueles que não possuem um laptop poderem usar a rede mundial de computadores. Outros objetivos são passar a utilizar VoIP no sistema de telefonia dos órgãos públicos para economizar recursos e a disponibilizar um serviço de agendamento de consultas médicas online.”

Fonte: Guia das Cidades Digitais

Data: 05 de setembro de 2008
Autor: Marcelo Medeiros

Quando poderemos ler algo semelhante sobre Ilhéus? Espero sinceramente que não demore…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: