Catálogo de Empresas de TI da Bahia

Tal como no final de 2008, a Consultic torna a divulgar o CATALOGO DE EMPRESAS DA ÁREA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NO ESTADO DA BAHIA, produzido pela Inforum.

Para apresentá-lo, ninguém melhor que Deraldo Pitombo, em e-mail enviado às referidas empresas, mas muitas vezes nem lido, por cair na pasta de spam ou no lixo eletrônico:

Senhores Empresários da Área de TI da Bahia.

Como empresários devemos estar sempre atentos aos retornos dos investimentos que fazemos. E nesta linha precisamos permanentemente analisar a relação custo-benefício dos mesmos.

E nós, que atuamos na área da Tecnologia da Informação, sabemos que o nível de qualidade dos resultados deste tipo de analise esta intrinsecamente ligado ao volume de informações que se têm disponíveis para fazê-la.

Por este motivo, presto-me a avivar vossas memórias sobre aspectos ou particularidades afins a investimentos feitos para divulgar os negócios de suas empresas no CATALOGO DE EMPRESAS DA ÁREA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NO ESTADO DA BAHIA.

Sobre custos – fortemente inferiores quando comparados a ocupação de espaços em mídias assemelhadas. No caso de outros periódicos, comparar custos de área ocupada e nível de decisão do publico leitor. No caso de folhetos próprios, considerar os custos de distribuição desde os enviados pelos Correios até os entregues aleatoriamente nas portas de eventos ou nas esquinas.

Sobre vias de distribuição– neste ponto aloca-se um dos mais expressivos fatores de garantia de sucesso do nosso Catalogo: o apoio institucional de entidades de representação dos mais variados grupos de usuários corporativos de TI. É cada vez maior o número de federações, associações, sindicatos patronais e instituições governamentais que autorizam e delegam a funcionários a distribuição de exemplares do nosso Catalogo entre os seus filiados ou colaboradores.

Sobre perspectivas de leitores e usuários – o fato do nosso Catalogo ter se consolidado no mercado como uma fonte de consultas, diferenciando-se, pois de folhetos de propaganda (o que viabiliza o recebimento do apoio institucional relatado no item acima) permite com que o mesmo além de bem recebido, seja mantido nas empresas usuárias de TI, em lugar de fácil acesso para os responsáveis pela condução dos processos de compras. Diferentemente, portanto, do destino dado a material de propaganda, que mesmo recebendo elogios por sua beleza são descartados conforme o nível de utilidade da informação que leva para o leitor naquele momento.

Sobre benefícios outros:

  1. Reprodução na WEB – os anúncios das empresas publicados em nosso Catalogo são reproduzidos no site da Inforum – www.inforumct.com.br onde permanecem por 12 meses – mesmo ciclo de vida de cada edição. São acessados por pessoas alertadas da existência desta fonte por peças de divulgação específica como também por indicação do Google e outros software de pesquisa. Alem disto Links para o Catalogo estão em sites e telas de blogs com afinidades com o setor de TI.
  2. Participação de networking específica – Todo anunciante é tem seu e-mail incluído em uma lista distinta denominada NETWORK CATALOGO, e passa a receber periodicamente informações sobre eventos ou programas direcionados ao mercado de TI, que podem representar alertas sobre oportunidades de gerar novos negócios ou formar novas parcerias. A rede também auxilia aos seus integrantes na divulgação de suas respectivas promoções individuais para o mercado regional.
  3. Ganhos por osmose A expressão “diga-me com quem andas que eu te tirei quem és” esta cada vez mais questionada no mundo contemporâneo. Porem continua arraigada e presente no processo de avaliação mercadológica. A empresa que associa o seu nome na manutenção de um produto que é apoiado, financeira e institucionalmente, pelas mais expressivas entidades do setor de TI da Bahia, e que mantém a participação de valorosos ícones desta área, somente tem a ganhar no âmbito da imagem.

Considerações finais.

Ainda alinhadas a referida analise existem bases conceituais que não podem deixar de ser consideradas:

Nosso Catalogo (tal como os outros) não garante aumento de vendas. Seu propósito é divulgar negócios e competências dos fornecedores locais, ajudando a estes ampliarem seus níveis de expressividade e de competitividade no mercado. Para a concretização das vendas é necessário que as empresas tenham infra-estrutura adequada para receber, registrar e dar retorno aos contatos.

Tenho recebido alguns relatos sobre “a falta de contatos motivados pela divulgação em catálogos”. Por outro lado tenho recebido (em número maior) comentários de leitores usuários, sobre ligações feitas para telefones que não atendem, sobre recados deixados com atendentes pedindo retorno por parte de responsáveis pela área comercial e não retornados; sobre desatualizações de sites visitados, sobre o nível de atenção recebida bem como o grau de capacidade do atendente para tirar dúvidas comuns do interessado. É óbvio que são casos de origens diversas e atemporais. Porem a soma deles sinaliza o grau de utilidade do nosso produto e explica porque a maioria dos anunciantes das primeiras edições continua até hoje nos motivando a produzir o melhor palco por quem quer ser visto pelos usuários corporativos de TI do Estado da Bahia.

Para finalizar permita-me uma provocação: telefonem para componentes de comissões de compra empresariais e perguntem como elas definem a quem consultar. Vão verificar que diminuem cada vez mais os que buscam fornecedores por ouvir falar; que ainda é grande o número que faz uso de catálogos impressos (lembrando que estamos também na WEB); e, que são pouquíssimos aqueles que se baseiam em material de propaganda (prospectos e folhetos).

O nível de competitividade empresarial cresce com o mercado. Toda empresa que pretende se manter competitiva não pode perder oportunidades de se fazer conhecida pelos novos usuários e potenciais clientes que emerge diariamente do atual mercado.

Não é estratégico ficar a esperar que o cliente venha bater a sua porta. Mantenha-se junto aqueles que vão até o cliente através de uma mídia que ele já passou a gostar de ter e usar.

Deraldo Pitombo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: