ISO 26000 aprovada

O texto da ISO 26000:2010 Norma mundial não-certificável que define Diretrizes de Responsabilidade Social, acaba de ser aprovado em votação dos membros da ISO – International Organization for Standardization. A expectativa é que a Norma esteja disponível no Brasil já no mês de novembro deste ano. Disponível para Download e compra online na versão em inglês no site da ISO.

Após um intenso trabalho que consumiu mais de 8 anos, teve a participação de mais de 160 países, foi liderado por Brasil e Suécia e contou com uma grande participação e mobilização internacional, chegou-se à redação final e para isto houve a participação de cerca de 450 especialistas e de 210 observadores. O Brasil teve papel de destaque, ao participar da liderança das negociações, desde o início.

A Norma estabelece os 7(sete) assuntos essenciais da Responsabilidade Social que são os seguintes:

  1. – Governança Organizacional
  2. – Direitos humanos
  3. – Práticas trabalhistas
  4. – O meio ambiente
  5. – Práticas justas de operação
  6. – Questões do consumidor, e
  7. – Participação da comunidade e desenvolvimento

A Norma ISO 26000 fornece a orientação para todos os tipos de organizações, independentemente de seu porte ou localização e enfoca os seguintes pontos:

  • – conceitos, termos e definições relacionados com responsabilidade social;
  • – o contexto, as tendências e as características de responsabilidade social;
  • – princípios e práticas relativas à responsabilidade social;
  • – assuntos e questões essenciais relacionados à responsabilidade social
  • – integração, implementação e promoção de comportamento socialmente responsável de toda a organização e sua esfera de influência;
  • – identificação e engajamento com stakeholders;
  • – comunicação de compromissos e desempenho relativos à responsabilidade social; e portanto a contribuição ao desenvolvimento sustentável.

No seu requisito 3.3.1 a norma define as características da Responsabilidade Social:

“A característica essencial da responsabilidade social é a disposição de uma organização se responsabilizar e responder pelos impactos que suas atividades e decisões causem na sociedade e no meio ambiente. Isto implica comportamento transparente e ético que contribua para o desenvolvimento sustentável, incluindo a saúde e o bem-estar da sociedade, que leve em consideração as expectativas dos stakeholders, esteja em conformidade com a lei aplicável e consistente com as normas internacionais, esteja integrado em toda a organização e seja praticado em seus relacionamentos.”

Fica aqui a nossa sugestão para que a BAMIN e VALEC, além de certificarem os serviços de construção e operação do Complexo Porto Sul na Norma ISO 14001, sigam também as diretrizes estabelecidas pela Norma ISO 26000, minimizando desta forma os impactos ambientais e sociais do empreendimento.

Carlos da Silva Mascarenhas

carlos.consultic@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: