Josias Gomes Candidato a Prefeito de Ilhéus

Jornais, blogs, emissoras de rádio e de televisão, e as conversas de esquina apontam que o Deputado Josias Gomes deseja ser candidato a Prefeito de Ilhéus pelo PT – Partido dos Trabalhadores. Digo deseja, mas na verdade ele provavelmente vai ser candidato, pois a força que tem no PT da nossa cidade é muito grande e ao que tudo indica ele não terá maiores dificuldades em realizar este seu esdrúxulo desejo, mesmo que isto desagrade a gregos e troianos, e a correntes influentes do PT de Ilhéus e coloque em risco a própria unidade do Partido na nossa cidade.

Conhecia pouco o Deputado Josias e a sua trajetória política, mas para formar uma opinião mais abalizada sobre ele, resolvi pesquisar sobre as suas atividades e atuação. Dei uma olhada no site da Câmara dos Deputados, na Wikipedia, e no próprio site do Deputado, e com base em informações recolhidas nestas três fontes, traço a seguir uma breve trajetória do Deputado.

Nascido em Amaraji no estado de Pernambuco, Josias estudou o curso ginasial na cidade de Escada, no Ginásio Agrícola, em regime de internato. Cursou o segundo grau no Colégio Agrícola de Belo Jardim, igualmente em regime de internato, onde também criava porcos e plantava pimentão e repolho, que vendia no CEASA de Recife, para ajudar nas despesas escolares e pessoais.

É formado em Agronomia pela Universidade Federal da Paraiba, tendo concluído o seu curso em 1980. Foi ativo líder estudantil, presidente do Diretório Acadêmico de Ciências Agrárias, onde liderou a primeira greve no estado da Paraiba, 14 anos após o golpe militar de 1964.

Está no Partido dos Trabalhadores desde a sua fundação e exerceu diversas funções na direção do Partido, nos vários Estados/Cidades em que militou, e que não foram poucas, o que mostra o espírito nômade do Deputado Josias.

Em Rondônia foi Secretário de Organização entre 1983/84 e Secretário Geral em 1985/87. Em 1985, foi o candidato a vice-prefeito na chapa do PT para a Prefeitura de Porto Velho.

Em 1989 chegou à Bahia, pela região cacaueira, onde participou da coordenação da campanha presidencial do companheiro Lula.

Em 1990, coordenou a campanha de Geraldo Simões para deputado estadual e ao mesmo tempo trabalhou pela criação da Central Única dos Trabalhadores na região cacaueira. Em 1992 coordenou a campanha de Geraldo Simões para a Prefeitura de Itabuna. Após esta outra campanha vitoriosa, ocupou a Secretaria de Assuntos Estratégicos, espaço de articulação política da administração municipal. Vale aqui ressaltar que depois desta longa amizade e convivência, Josias e Geraldo, hoje, são inimigos declarados

Em 1997, assumiu a Secretaria Geral do partido no Estado. Dois anos depois, em 1999, foi eleito presidente do PT da Bahia. Nas eleições de 2002, se elegeu deputado federal com 75 mil votos, distribuídos em 384 municípios.

Como Deputado Federal Josias teve sérios problemas e terminou se envolvendo com o MENSALÃO, tendo enfrentado um processo de cassação, mas terminou sendo absolvido.

De acordo com informação publicada pela Folha Online em 03.05.2006, assim foi a absolvição de Josias:

 “com o plenário esvaziado, a Câmara dos Deputados absolveu nesta quarta-feira o deputado Josias Gomes (PT-BA) do processo de cassação por quebra de decoro parlamentar. Ele é acusado de receber R$ 100 mil do esquema do “valerioduto”.

Ele foi absolvido com 228 votos favoráveis à cassação, 190 contrários, 19 abstenções, 5 em branco e 1 nulo. São necessários 257 votos para cassar um mandato.

Josias Gomes foi o 10º acusado de envolvimento com o “mensalão” a ser absolvido pelo plenário. Dos 19 acusados de envolvimento com o “mensalão”, quatro renunciaram para escapar da cassação e apenas três foram cassados –Roberto Jefferson (PTB-RJ), José Dirceu (PT-SP) e Pedro Corrêa (PP-PE).

Os deputados de oposição alegaram que Josias Gomes escapou da cassação porque o plenário estava esvaziado. No início da sessão, apenas 280 parlamentares estavam presentes.

Josias Gomes alegou, em sua defesa, que usou os recursos para pagar dívidas da campanha de 2002.

Depois de um longo período de completo ostracismo, Josias voltou à atividade política, e em 2010 foi eleito Deputado Federal com 69.619 votos, sendo que obteve apenas 5.296 votos, equivalente a apenas 7,6% dos seus votos na cidade de Ilhéus, tendo sido votado em um grande número de outras cidades.

A primeira pergunta que faço é: o que os eleitores do Deputado Josias, principalmente aqueles radicados em outras cidades, pensam desta sua inconseqüente aventura de tentar se eleger Prefeito de Ilhéus? Será que não estão se sentindo traídos?

Eleito Deputado Federal, pouquíssimo fez Josias até agora e absolutamente nada fez em benefício de Ilhéus e da nossa região. Veja a seguir o que o Deputado Josias Gomes fez como Deputado Federal, nesta legislatura.

  • INC-851/2011-06.07.2011 – Sugere ao Poder Executivo o envio de projeto de lei ao Congresso nacionalpropondo a instalação de um campus universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco.
  • PL-2353/2011 – 20.09.2011 – Acrescenta o parágrafo 9 ao art. 15 da lei 8.666, de 21.06.1993, para vedar a aquisição de leite importado no âmbito da administração pública direta e indireta.
  • PL- 515/2011 – 22.02.2011 – Denomina Barragem Dom Mário Zanetta, a Barragem Gasparinho, situada no município de Coronel João Sá, no Estado da Bahia.
  • REQ- 3441/2011 – 06.10.2011 – Requer a inclusão na Ordem do Dia do Projeto de Lei 1033/2003 que institui o salário adicional de periculosidade para os vigilantes e em pregados em transporte de valores.
  • REQ – 2759/2011 – 10.08.2011 – Requer a instalação de Comissão Especial, a fim de dar parecer sobre a Proposta de Emenda à Constituição 53 de 2007.
  • REQ – 116/2011 – 28.09.2011 – Inclusão na pauta, para votação imediata o Requerimento 113/2011, de autoria dos Deputados Domingos Sávio e Zé Silva.
  • REQ – 84/2011 – 06.07.2011 – Solicita inclusão de requerimento na pauta para votação imediata da subcomissão do leite.
  • RIC – 1321/2011 – 06.10.2011 – Solicita informações ao Ministério das Comunicações sobre processos de outorga de radiodifusão comunitária na localidade de Olindina no Estado da Bahia.

Com uma atividade parlamentar sofrível, como se pode ver acima, e considerando-se que a única atividade profissional/cargo público já exercido por ele em toda a sua vida política, ter sido o de Assessor de Planejamento na Secretaria do Planejamento de Porto Velho, no longínquo ano de 1984, ou seja, há mais de 27 anos, considerando-se também a falta de conhecimento que ele tem sobre a realidade da nossa cidade, pois aqui, pelo que eu saiba, nunca sequer residiu; será que o Deputado Josias pode se constituir em uma boa escolha para governar Ilhéus, exatamente quando o nosso Município deverá enfrentar um especial momento de grande crescimento econômico com o Porto Sul e a ZPE?

Pois é… O que será que o povo de Ilhéus pensa desta esdrúxula pretensão do Sr. Josias Gomes?

Carlos da Silva Mascarenhas

Ilhéense, Economista, filiado ao PPS – Partido Popular Socialista, e pré-candidato a Vereador

carlos.consultic@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: