ILHÉUS E A ECONOMIA CRIATIVA

Participei da OFICINA SEBRAE DE ECONOMIA CRIATIVA E CIDADES CRIATIVAS realizada ontem, 04.12.2012, no Centro de Convenções de Ilhéus, que foi brilhantemente ministrada pela Professora Ana Carla Fonseca. Parabéns à Professora pela sua competência e pelo seu poder de transmissão de conhecimentos, e ao SEBRAE pela promoção do evento.

De acordo com folder distribuído na ocasião, a Professora Ana Carla é autoridade internacional no assunto e a maior especialista brasileira em cidades criativas. Economista, administradora pública e única doutora em Urbanismo com tese no assunto, palestrou em 24 países, é consultora da ONU, professora de universidades internacionais e tem nove livros publicados.

Ana Carla Fonseca - Ilhéus

Foto: Socorro Mendonça

Durante a apresentação foi mostrado um quadro com alguns exemplos de industriais criativas, e que reproduzo a seguir:

Economia criativa - quadro 1

ARTES VISUAIS

– Pintura, escultura e fotografia

EDIÇÃO E MÍDIA IMPRESSA

– Livros, imprensa e outras publicações

DESIGN

– De moda, de interior, gráfico e de jóias

NOVAS MÍDIAS

– Conteúdo digital, software, jogos, animação

SERVIÇOS CRIATIVOS

– Arquitetura, propaganda, P&D e serviços culturais

AUDIO VISUAL

– Cinema, difusão, televisão e rádio

ARTES DRAMÁTICAS

– Música, teatro, dança, ópera, marionetes, circo e etc.

PATRIMÔNIO CULTURAL

– Artesanato, expressão cultural tradicional, festivais e celebrações

 

No caso de Ilhéus, gostaria de ressaltar algumas áreas, nas quais trabalhos expressivos já são realizados, e que acredito, devíamos dar o apoio necessário para que possam se desenvolver gerando renda e emprego aqui na nossa cidade, nessa novíssima e emergente área da Economia Criativa. São os seguintes setores:

1. TEATRO – onde despontam os excelentes trabalhos de diversos grupos e especialmente: Teatro Popular de Ilhéus, Maktub, Boi da Cara Preta, Casa Aberta e outros. Vale aqui lembrar que o Teatro Popular de Ilhéus necessita da nossa ajuda, pois precisa urgentemente de um local para que possa com tranqüilidade desenvolver as suas atividades;

2. BALET – conta a nossa cidade com excelentes Grupos, onde se destacam: Dinâmica e Movimento, Tônus, Estúdio de Dança Soanne Marry e outros.

3. SOFTWARES – considerando que temos cursos de Ciência da Computação na nossa região e poderíamos trabalhar no sentido de que venhamos a ter um Núcleo SOFTEX na nossa cidade, podendo desta forma agregar valor aos microcomputadores que aqui são produzidos.

3. MÚSICA – onde temos um grande número de compositores, cantores e conjuntos musicais em atividade e podíamos pensar em voltar a organizar um Festival de Música como já realizamos aqui, em 1968.

Sobre o Festival de Música de Ilhéus, em artigo de Renato Pereira Silva, intitulado “Ilhéus e a música popular: considerações sobre a produção musical (1964-1968)”, encontramos o seguinte relato:

Em 1968 foi organizado na cidade de Ilhéus por Walter Matos e Juarez Oliveira, radialistas da Rádio Santa Cruz de Ilhéus e criadores da empresa intitulada JUWAL, pela fusão das iniciais de seus nomes, o I Festival Regional da Canção. Dois fatores influenciaram a organização desse festival: em primeiro lugar, a influência dos Festivais da Canção que ocorriam na região sudeste do país, desde 1965, organizados pela TV Excelsior e, posteriormente, pela TV Record; e, em segundo lugar, a busca de um negócio que fosse rentável

Foram inscritas no festival 130 canções, e após a primeira seleção, apenas 30 delas passaram para a fase classificatória. Dessas 30 canções, 15 foram apresentadas no sábado, dia 07 de dezembro, e as outras 15 foram apresentadas no sábado posterior, dia 14. No domingo do dia 22 de dezembro, 12 canções selecionadas das etapas anteriores se apresentaram na final. Todas as etapas do festival ocorreram no ginásio de esportes Herval Soledade localizado na Avenida Canavieiras, perímetro central da cidade.

Feitas estas colocações fica aqui a nossa sugestão para que o Prefeito eleito da nossa Cidade, Sr. Jabes Ribeiro, avalie a possibilidade de colocar como uma das prioridades do seu governo, desenvolvimento da economia criativa em nosso município.

Carlos da Silva Mascarenhas

Economista, Ilheense.

carlos.consultic@gmail.com

Quem quiser obter maiores informações sobre Economia Criativa e Cidades Criativas, deve acessar: http://www.criaticidades.com.br/ .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: