Pela representação da área de TIC no Congresso Nacional

25 agosto, 2010

A grande maioria do eleitorado brasileiro vota por simpatia ao candidato, independentemente do partido político ao qual esteja ele filiado ou do nível de competência que ele possua para exercer o cargo postulado. Tanto porque esta maioria desconhece o que deve fazer um deputado ou um senador no Congresso Nacional.

É por comungar como este entendimento que inúmeros esportistas e profissionais da área do entretenimento se lançaram como candidatos a deputados e senadores – ver relação reproduzida abaixo.

No Esporte:
Acelino Popó Freitas (PRB-BA)- O boxeador concorre a deputado estadual
Maguila (PTN-SP)- Ex-boxeador,quer ser deputado federal
Marcelinho Carioca (PSB-SP)- Ex-jogador, concorre a deputado federal
Romário (PSB-RJ)- Ex-jogador, busca uma vaga na Câmara Federal
Vampeta (PTB-SP) – Ex-jogador, concorre a deputado federal
Fabiano (PMDB-RS) – Ex-atacante do Inter, é candidato a deputado estadual
Danrlei (PTB-RS) – Ex-goleiro do Grêmio, concorre a deputado federal

Na Música:
Gaúcho da Fronteira (PTB-RS) – Músico concorre a deputado estadual
Kiko (DEM-SP) – Membro do grupo KLB, concorre a deputado federal
Leandro (DEM-SP) – Integrante do KLB, concorre a deputado estadual
Netinho (PCdoB-SP) – Cantor do grupo Negritude, concorre a senador  
Reginaldo Rossi (PDT-PE) – Cantor, concorre a deputado estadual
Renner (PP-GO) – Integrante da dupla Rick&Renner, concorre ao Senado
Sérgio Reis (PR-MG) – Cantor e ator, concorre a deputado federal
Tati Quebra-Barraco (PTC-RJ) – Funkeira, concorre a deputada federal

Na Televisão:
Ronaldo Esper (PTC-SP) – O estilista quer ser deputado federal
Pedro Manso (PRB-RJ) – Humorista, disputa na vaga na Assembleia Legislativa
Dedé Santana (PSC-PR) – Humorista, quer ser deputado estadual
Tiririca (PR-SP) – Humorista, disputa uma vaga na Câmara Federal
Batoré (PP-SP) – Humorista, quer uma vaga na Câmara Federal

No Pomar:
Mulher Melão (PHS-RJ) – Cristina Célia Antunes Batista concorre a deputada federal
Mulher Pera (PTN-SP) – Suellen Aline Mendes Silva quer ser deputada federal

Apesar do LULA ter abalado os critérios de analise sobre a relação “nível de escolaridade – cargo postulado”, seria uma imaturidade achar que este fator não deve ser considerado na escolha do melhor candidato, principalmente quando tratamos da recomposição do poder legislativo. Há candidatos, a exemplo do Maguila e da “Mulher Pera”, cujas fichas de registro da candidatura, expressam “Ler e escreve” no quadro referente ao nível de escolaridade.

Sendo respeitado o resultado das urnas, a maioria dos novos será engolida pelas “velhas raposas” nos debates e acordos no congresso nacional.

Todos aqueles que falam que a maioria do eleitorado não é politizada, sabem que não poderão mudar o “voto por simpatia” dentro do tempo que resta para as próximas eleições.

O que então fazer?

Como sabemos que os congressistas se agrupam por interesses de classes, sugiro que fortaleçamos as campanhas daqueles os quais já conhecemos como eficazes defensores das áreas que respectivamente atuamos.

E nós que atuamos na área da TIC deveremos pesquisar a proposta de trabalho dos atuais candidatos em busca de comprometimento com a evolução positiva desta área.

Eu pessoalmente estarei votando em Walter Pinheiro – 130 para senador. E sugerindo a todos os outros que atuam na área de TIC da Bahia que, independentemente em vota para outros cargos, que também votem em Pinheiro. Até mesmo aqueles que tem simpatia por outro candidato ao Senado. Isto porque para o senado poderemos votar em dois candidatos.

Deraldo Pitombo.

Anúncios