Papel

31 agosto, 2010

Texto publicado originalmente em Quer ler? Eu deixo!

Com o poema de Drummond, Miriam Leitão encerrou seu comentário no Bom Dia Brasil de Hoje, 31 de agosto de 2010, sobre a última  edição impressa do Jornal do Brasil.

PAPEL

E tudo que pensei
E tudo que eu falei
E tudo que me contaram
Era papel.

E tudo que descobri
Amei
Detestei: papel.

Papel quanto havia em mim
E nos outros, papel!
De jornal, de embrulho.
Papel de papel, papelão!

Agora o JB, escola dos melhores jornalistas do país, símbolo de resistência à todas as ditaduras não existirá mais em papel, terá apenas sua versão online.

Então os Apocalípticos (Humberto Eco) estavam certos, é o fim de uma era. Não sei… Não consigo ainda imaginar o mundo sem papel, sem livros, revistas e jornais de papel. Sou absolutamente adepta da leitura na tela do computador, leio e-books enormes, material acadêmico, noticias… numa boa. Mas não dispenso o livro de papel, com textura, cheiro e a possibilidade de riscar, grifar, escrever junto com o autor ao colocar minhas observações pelas margens dos livros.

Sei que os leitores de e-books (Kindle, iPad, e até o Saraiva Digital – recebi e-mail ontem, anunciando o lançamento do leitor de e-books nacional) estão aí – eu quero um! – e vieram pra ficar. Mas ainda tenho lá no fundo a esperança de que a a convivência entre o papel e o digital continue existindo. Vejam, o Skoob lançou a promoção “Um iPad ou 100 livros” e, pasmem os Apocalípticos:  enquanto 36.135 querem o iPad, 24.642 querem 100 livros! Não está tão perto assim o apocalipse do papel, está?

(Aproveita e vai lá participar da promoção, quem sabe você ganha?)

Anúncios

2010, E AS NOVAS TECNOLOGIAS A CAMINHO DA CONSOLIDAÇÃO

30 dezembro, 2009

O Jornal A Tarde, em sua edição de 30.12.2009, traz excelente artigo de Thiago Fernandes sobre as novas tecnologias, abordando desde aspectos de softwares e especialmente das redes sociais, até aspectos de hardwares (Texto não disponível na internet).

Começa assim o artigo de Thiago:

“No mundo online, o ano de 2009 vai ficar marcado como aquele em que os brasileiro descobriram que existem outras redes sociais além do Orkut. A rede do Google viu o rápido crescimento dos concorrentes, apesar de nem de longe ter sua soberania ameaçada. Nada menos que 80% dos brasileiros que acessam a internet têm perfil no Orkut. São 28 milhões de usuários, contra 9 milhões do Twitter e 7,5 milhões do Facebook no país em dezembro.”

Vejam a seguir, as tendências que o artigo aponta para o próximo ano:

COMPUTAÇÃO EM NUVEM

Em 2010 a tendência é de crescimento da oferta e de uso dos serviços de processamento e armazenamento de informação na rede, a chamada computação em nuvem, já bastante difundida, mas que tende a crescer com a oferta de banda larga mais rápida e conectividade em qualquer lugar.

CELULAR COM INTERNET

A tendência e que os aparelhos com conexão à internet se tornem padrão. Associado à tendência de barateamento da conexão 3G, isso vai mudar a forma como as pessoas usam a internet no celular. Vão passar a ficar sempre conectados à rede, sempre disponíveis e aí, mais que nunca, falar no telefone será uma coisa secundária.

KINDLE

Depois da chegada ao Brasil em 2009 ainda não vai dar para falar em popularização do livro eletrônico, mas será mais comum vê-lo por aí. Ainda mais porque já existe uma tendência jurídica para enquadrá-lo na mesma legislação de importação de livros, o que o deixaria livre de impostos e cortaria o preço pela metade, chegando ao consumidor final na faixa de 500 reais.

Alex Castro preparou um artigo bastante útil para quem quer conhecer melhor o Kindle.

NETBOOKS

Outra tendência que vai se manter em 2010 é o crescimento da venda de netbooks – os notebooks pequenos, feitos para navegar na internet. O cenário vai ficar ainda mais interessante porque a Apple deve lançar um aparelho desse tipo ainda no começo do ano. O fato poderá redefinir a forma como as pessoas se relacionam com esse tecnologia, da mesma forma como ela fez com o celular quando lançou o iphone.

TV DIGITAL

Em 2010 as emissoras começam a testar a interatividade da TV digital, mas ainda não se sabe exatamente o que estará disponível. A expectativa é que com a Copa do Mundo estejam disponíveis opções como a escolha de ângulo da transmissão. Além de que o evento tradicionalmente estimula a venda de televisores. Será um grande impulso para a popularização da transmissão de TV digital.

POPULARIZAÇÃO DO 3G

As operadoras estão programando grandes investimentos na melhoria da rede 3G, o que deve fazer com que essa seja uma opção cada vez mais viável para concorrer com as redes ADSL (Velox e GVT). Ainda mais porque a tendência é que continue a migração das pessoas do desktop para o notebook, o que incentiva a busca por conexões móveis, que se possa usar não só em casa, mas em qualquer outro lugar.

REDES SOCIAIS

Se 2009 foi o ano em que os brasileiros descobriram outras redes sociais além do Orkut, 2010 será um ano em que as redes vão se integrar ainda mais. Essa é uma tendência em todas elas, que investem cada vez mais em facilitar a vida dos usuários. As fotos que se publica no Flickr vão estar visíveis para seus amigos no Orkut, as atualizações do Twitter vão aparecer no Facebook. Cada vez mais fará menos sentido pensar em cada um deles individualmente, mas vamos caminhando para entender a vida online como uma coisa única.