Algum Jacaré já te mordeu hoje?

6 outubro, 2010


Teresa Fonseca T. – Consultora de Recursos Humanos

Texto recebido via e-mail.

“Quem ouviu a frase num Congresso de Tecnologia da Informação em Los Angeles, lá pelo final dos anos 70, nunca mais esqueceu. A frase era assim: “Se você tem um jacaré a lhe morder as pernas, a tendência natural é esquecer que seu objetivo principal era drenar o pântano“. A metáfora é muito poderosa. É claro que você, que recebeu a missão de drenar o pântano, ao entrar nele e ser mordido por um jacaré imediatamente esquecerá tudo e se focará em matar o desgraçado do jacaré.

Esse jacaré é o nosso dia-a-dia. Esse jacaré representa o nosso agir sem planejar, sem parar para pensar, o famoso engatar uma coisa na outra.

Relembre o seu último dia de trabalho. Dirigindo no trânsito, você fez os planos do dia, organizou a agenda, planejou o tempo a ser distribuído de acordo com suas prioridades. Aproveitando o congestionamento, fez até uma lista usando uma folha do caderno que seu filho esqueceu no carro. Acabou de estacionar e do seu lado outro gerente diz: “Não se esqueça do relatório que você me prometeu para hoje!!”. Pronto, o primeiro jacaré te pegou!!

Aí é vapt, vupt, paulada no jacaré, e você consegue chegar na sua sala. Mal sentou, toca o telefone! O chefe!! “Você viu os resultados das vendas de ontem? Você tem que ir lá na filial falar com o supervisor!”. Pronto. O segundo jacaré te pegou e esse tem a boca grande!

De novo paulada para todo lado e você tenta voltar ao plano original, quando entra na sua sala um subordinado que acaba de receber uma proposta com 25% de aumento no fixo e 50% de aumento no variável. Jacarezão de boca aberta, e esse é dos cascudos. Senta, conversa, argumenta, discute, se emociona e a dor da mordida você já nem sente. Consegue adiar a decisão dele até você falar com o RH.

Você olha para a lista, aquela feita no caderno do seu filho, já são quase duas horas da tarde e você nem almoçou. Come uma barrinha de cereal e abre o e-mail. Pulam dois jacarés filhotes, dessa vez querendo morder a sua mão.

Trinta e sete e-mails! Alguns com horário da madrugada. E você pensa que jacaré dorme? Jacaré competente manda e-mail à 1h37 e ainda fala que vai trabalhar mais um pouco.

Ao fim do dia, exausto, faminto, sem ter conseguido tomar um café! Você olha a sua lista de prioridades e se sente um lixo! O que é que eu fiz hoje?? Nem o primeiro item!

E como sair dessa? Trabalhando incansavelmente o conceito de prioridade.

As suas prioridades são aquelas relacionadas com suas metas, são as tarefas que somam valor, são as que são significativas e claramente percebidas pelos clientes. Não confunda os conceitos de urgente e importante. A urgência é temporal, tem a ver com a cronologia das coisas, e a importância tem a ver com contexto e conteúdo.

Trabalhe suas prioridades. Essas sim reúnem o melhor da urgência e da importância, pois foram planejadas por você e de acordo com suas metas e objetivos.

No final você vai ser mesmo avaliado é pela drenagem do pântano.

Não se deixe iludir pelo fato de, hoje, você conseguir matar três ou quatro jacarés por dia.”

Anúncios

SETE OPORTUNIDADES PARA A ÁREA DE TI, COM SALÁRIOS A PARTIR DE R$ 5,5 mil – Com UPDATE

29 março, 2009

UPDATE:

A Consultic entrou em contato com a editoria de Empregos e Negócios do jornal A TARDE para informar que as mensagens enviadas para o  e-mail indicado na matéria (nelsonleal@perfilonline.com) estavam retornando com erro. Recebemos a seguinte resposta:

O servidor do referido e-mail está com problemas, no entanto, o recrutador afirmou que os candidatos devem continuar tentando enviar seus currículos para este endereço eletrônico, pois o prestador de serviços garantiu que a situação estaria normalizada a partir de hoje. [01/04/2009]

Atenciosamente,

Carine Aprile

Estamos fazendo nossa parte para que as coisas aconteçam!

Anúncio veiculado no Jornal A TARDE de hoje, 29.03.2009:

Empresa está em busca de sete profissionais da área de TI, com experiência comprovada em desenvolvimento de software, para trabalhar em Ilhéus.

Os salários são a partir de R$ 5,5 mil. São duas vagas para analista de sistemas, uma para analista de arquitetura, duas para analista de requisitos e outras duas para administrador de dados.

Os candidatos devem apresentar graduação ou pós-graduação na área de TI e é desejável ter inglês fluente.

As competências genéricas são: capacidade de especificar e analisar requisitos, elaborar projeto de software, executar projeto gráfico de interfaces, produzir, testar e avaliar software executável e promover a garantia da qualidade do produto.

Os currículos devem ser encaminhados para o e-mail nelsonleal@perfilonline.com .

Será que é o início de um Pólo de Software na nossa Cidade? Se for, é uma excelente notícia…


A CRISE E OS AJUSTES FINANCEIROS NECESSÁRIOS

17 março, 2009

Muito se vem falando de CRISE, e com a crise, a primeira providência que as Empresas costumam tomar é REDUZIR CUSTOS. Porém, antes de se pensar em reduzir custos, é extremamente necessário que se reveja o planejamento da Empresa e que se faça uma análise criteriosa dos processos empresariais, para que possam ser definidas, com acerto, quais despesas devem ser cortadas ou reduzidas e quais projetos devem ser cancelados ou adiados.

De acordo com artigo publicado no Financial Report da IT Mídia S.A., edição de janeiro de 2009, a Trevisan Consultoria recomenda os seguintes cuidados na hora de adiar ou cancelar um projeto.

. Faça uma análise criteriosa;

. Mantenha projetos que privilegiem a redução de custos;

. Adie os que darão retorno no longo prazo;

. Leve em conta os fatores externos;

. Faça um ranking com os projetos vitais para a sobrevivência da empresa;

. Não aborte iniciativas que demandaram meses ou anos para serem planejados;

. Adie projetos que irão gerar um pequeno aumento de produtividade;

. Continue com os que trarão ganhos de lucratividade;

. Cuidado para não comprometer o entusiasmo e o comprometimento dos colaboradores;

. Saiba que a decisão deve estar relacionada às questões mercadológicas;

. Não cancele projetos no auge do seu desenvolvimento;

. Leve em conta a sazonalidade;

. Não cancele os que têm tecnologia intensiva aplicada, corre-se o risco da obsolescência;

. Mantenha o plano de expansão a uma velocidade menor, caso a crise não afete diretamente o negócio;

. Considere que sempre é preciso implementar projetos. O que a crise faz é mudar a priorização do investimento.

Além destas recomendações, a Trevisan estabelece também alguns mandamentos para a contenção racional de custos.

. Planejar e manter atualizado o orçamento financeiro contemplando todas as áreas da empresa com previsão de investimentos (se necessário);

. Ter uma visão mais econômica (lucro) e menos financeira (caixa);

. Estabelecer uma curva ABC de custos, identificando aqueles que apresentam maior incidência e impacto no orçamento;

. Exercer um controle mais efetivo sobre estes custos de maior incidência;

. Rever os principais processos internos e identificar os custos envolvidos a cada atividade;

. Adotar centos de custos e classificar as despesas por natureza

. Estabelecer metas e objetivos visando a redução de custos;

. Envolver os colaboradores nesta tarefa.

Pois é. Seja uma “marola”, ou uma “Crise” com “C” maiúsculo, o certo é que nelas existem também excelentes possibilidades de crescimento, desde que algumas regras básicas sejam seguidas.

No caso específico da Área de Tecnologia da Informação, é interessante observarmos que uma das recomendações prega que não se deve cancelar projetos que têm tecnologia intensiva aplicada, pois corre-se o risco da obsolescência.


Cinco dicas para criar um bom currículo para a área de TI

12 janeiro, 2009

Este post nasceu da necessidade de explicar aos nossos leitores que apesar de darmos Assessoria e Consultoria em TIC, não fazemos a ponte repassando currículos para as empresas do Pólo de Informática de Ilhéus. Vários currículos têm sido encaminhados a nós, mas segundo a nossa política interna, não os encaminhamos às empresas, pois isso poderia sugerir que nos responsabilizamos pelos candidatos, o que não podemos fazer, uma vez que não os conhecemos.

Segue o texto, pertinente para o momento:

"Currículos da área de tecnologia estão se empilhando muito rápido nas mesas dos recrutadores. Mais do que nunca, é importante ter um currículo que se destaque da multidão. Infelizmente, os profissionais de TI têm a fama de produzir currículos muito complicados de se entender.

No mercado aquecido do ano passado, até dava para se safar com um currículo pobre. No ambiente turbulento que vivemos, no entanto, um currículo bem escrito e formatado pode fazer toda a diferença para você garantir seu sustento diário.

A Infoworld preparou uma lista com cinco dicas essenciais para que o profissional de tecnologia elabore um currículo de destaque e evite cair em erros bobos:

1 – Deixe os detalhes de lado.
"O problema número 1 com a maioria dos currículos técnicos é que eles são muito longos", diz Martha Heller, diretora administrativa e recrutadora da firma de recrutamento ZRG. É muito comum, afirma, recebermos currículos de seis páginas que poderiam ter duas. Três páginas é o limite, mas somente se o profissional tiver ao menos uma década de experiência e conquistado muitos bons resultados.

O conselho de Heller é ficar mais tranqüilo e resumir tudo. "Com o ritmo das mudanças da tecnologia, não há nenhuma forma de aquela tecnologia com a qual você não lida desde 1985 ajude a encontrar um emprego agora. Deixe isso fora do seu currículo", diz.

2 – Não escreva um objetivo.
"Não coloque um objetivo no currículo", diz Carole Schlocker, que dirige o iSpace, uma firma de recrutamento em TI. "Ninguém liga para o que você quer. As empresas querem saber o que você pode fazer por elas", afirma.

Uma forma comum de iniciar um currículo seria algo como "Objetivo: usar meus conhecimentos técnicos em um ambiente empresarial abrangente para crescer com a organização e ajudá-la a ser competitiva e lucrativa".

Em vez do objetivo, tente abrir o currículo com um resumo das qualificações em, no máximo, quatro tópicos. Veja um exemplo de como fazê-lo:

– Mais de 10 anos trabalhando com aplicações Oracle, personalizando-as para organizações globais;
– Expertise específica nos seguintes módulos e versões Oracle: Procurement and Spend Analytics, Hyperion Financial Management.

Os dois tópicos são resumidos, evitam frases e palavras genéricas como "gerência de projetos", "suporte a vendas", "liderança", "trabalho em equipe" e "excelente habilidades comunicativas". Pequenos, os currículos não comportam estes termos que ficam sem sentido.

3 – Saiba os canais pelos quais se currículo passa.
Quando for fazer o currículo, pense nas mãos e nos locais pelos quais ele vai passar. A maioria dos currículos de profissionais de TI entram em um redemoinho. Podem ser procurados por palavras chaves em mecanismos de busca, parar na mão de um contratador ou recrutador não técnico ou mesmo chegar nas mãos de um CTO ou CIO. O desafio é escrever um currículo que seja eficiente para todos.

Ao definir palavras-chave, pense nas suas variantes. Você deve preencher o currículo com Access, MS Access ou Microsoft Access? Todas dizem a mesma coisa, mas é difícil saber qual terá mais valor para a busca. "O seguro é utilizar pelo menos duas das três", diz Schlocker. É bom lembrar que as palavras-chave quase sempre são definidas de acordo com a descrição da vaga que a pessoa solicitante passa aos recrutadores.

Outra questão importante é utilizar palavras-chave e acrônimos tanto na lista de habilidades técnicas quanto no corpo do currículo. Com isso, o candidato otimiza a busca e facilita a leitura por parte dos recrutadores, que conectará mais fácil os predicados do postulante e as características da vaga.

4 – Destaque somente as certificações adequadas.
Os gerentes de recrutamento estão com currículos até o pescoço e precisam separá-los em duas pilhas: os que servem e os que não servem. Certificações são uma forma bastante efetiva de realizar esse primeiro filtro. Certos ou errados, os recrutadores não-técnicos usam as certificações com freqüência para ajudá-los a avaliar as habilidades técnicas.

Certificações são quase tão importantes quanto experiência de trabalho. Mas ter a certificação correta pode contar pontos a favor do candidato. De acordo com pesquisa da Foote Partners com mais de 22 mil profissionais de TI, as certificações mais valiosas hoje estão em dois campos: arquitetura e segurança. Certificações da Microsoft e da Cisco também estão em alta.

5 – Saiba balancear a parte técnica com os negócios.
Descrever seus empregos anteriores de forma sucinta e eficiente é mais arte do que ciência. Não há regras específicas, mas algumas dicas podem facilitar isso. A descrição de empregos anteriores deve se iniciar com um tópico que dá uma visão geral sobre o que foi realizado. Veja o exemplo:

"Técnico especializado em serviços financeiros com experiência em redes de larga-escala com uptime excelente"

O corpo deve descrever detalhes técnicos que mostra o impacto da atuação do profissional nos negócios. Tanto o gerente de recrutamento quanto o CIO quer funcionários que entendem o papel da tecnologia nos negócios, principalmente em tempos de turbulência financeira. Os empregos mais recentes devem conter os maiores detalhes, enquanto os mais antigos requerem apenas o nome da empresa e o seu cargo.

Prefira números na hora de descrever as experiências passadas. Como um líder de administração de sistemas, por exemplo, quantas pessoas o candidato gerenciou? Se o postulante à vaga construiu uma rede de relacionamentos, deve pontuar o número de pessoas que ela reúne.

Pode soar bem dizer que você respondia diretamente ao CIO, mas o recrutador pode sentir-se enganado se descobrir que foi em uma empresa de cinco pessoas. "Habilidades técnicas, posição ocupada e realizações têm valor de acordo com o contexto da empresa na qual se trabalhava", diz Heller."

Fonte: PC World.


Novos artigos

9 outubro, 2008

Hoje, sobre o Mercado de trabalho. E a cada quarta-feira, não deixe de ler na guia Artigos.

O céu é o limite no que diz respeito à remuneração” –  

Carine Aprile Iervese, do A TARDE, 28/09/2008

“Se você deseja ingressar em um mercado de trabalho aquecido e com tendência a borbulhar ainda mais no futuro, aposte na área  de tecnologia da informação. A gerente de projetos especiais da IBM do Brasil, Sirlene Toledo,  destacou, na entrevista à repórter Carine Aprile Iervese,  dois segmentos que disputam profissionais qualificados e pagam muito bem por eles. Sirlene apontou também o que ainda está faltando nas pessoas que desejam entrar na área e por onde começar essa promissora trajetória.

Continue lendo “O céu é o limite no que diz respeito à remuneração”

**********

Especialista ou multitarefa? Saiba qual perfil é mais valorizado em tecnologia

Por Amanda Camasmie, especial para o IDG Now!

Publicada em 06 de outubro de 2008 às 07h15

São Paulo – Novos cursos ampliam oportunidades para profissionais de TI. Especialistas indicam os perfis mais valorizados pelas empresas.

varios_conhec_88.jpg

Enquanto alguns cursos estão voltados a apenas uma especialização, outros apostam em abrir o leque para formar um profissional competitivo. Mas afinal, o que é mais importante na área de tecnologia? Ser especialista ou um profissional com múltiplos conhecimentos?

“As empresas estão em busca de profissionais especialistas, com sólidos conhecimentos em determinadas tecnologias, ferramentas e ambientes”, afirma Ercília Vianna, gerente de projetos da Célula de TI do Grupo Foco, consultoria de Recursos Humanos.

No entanto, o mercado hoje está mais exigente. Ele busca um especialista, mas ao mesmo tempo precisa de um profissional que conhece um pouco de cada área para prover a integração de sistemas. “Por exemplo, um programador pode ser especialista em certa linguagem, mas precisa conhecer, sem ser especialista, a parte de banco de dados, para que ele consiga efetuar, em um sistema, uma integração entre o back end e o front end da aplicação”, explica Rita Cury, gerente de Marketing e Produtos do Grupo Impacta Tecnologia.

Continue lendo Especialista ou multitarefa? Saiba qual perfil é mais valorizado em tecnologia